Empreendedorismo

Empreender em casa: 7 alternativas simples para começar

Precisando de renda extra ou sempre quis ser seu próprio chefe? Aqui vão algumas opções de como começar a empreender em casa e concretizar seus planos 😊

Artesanato

É um negócio tradicional e bastante simples. O investimento inicial é baixíssimo: além de aprender ou se especializar em alguma arte, o custo com materiais tende a ser mínimo.

Como o ramo artesanal é gigantesco, você pode se especializar no que mais lhe atrair. É possível fazer desde vasos de plantas, até laços para bebês e lembranças de festas. O mercado é amplo e muita gente está disposta a pagar por um item personalizado.

Sem contar que muitas pessoas já tem algum conhecimento na área, facilitando e agilizando os processos. O que resta é a divulgação dos seus produtos. Além do óbvio boca-a-boca, existe a possibilidade de vender artesanato também pela internet, criando uma loja virtual e/ou usando as redes sociais.

Costura

Sempre tem alguém que precisa de um reparo básico nas roupas, ou mesmo de trabalhos mais elaborados. Então, atuar como costureira é uma ótima oportunidade para quem já tem alguma experiência.

Uma grande vantagem é que, a depender da sua demanda, você não precisa de muito espaço. Você pode utilizar um canto da sua sala como sua oficina com os equipamentos e itens necessários para reformar roupas, bolsas, mochilas, por exemplo.

Outra oportunidade incrível para quem tem mais habilidade com a costura é fazer roupas sob encomenda. O investimento é mais elevado, uma vez que você vai precisar de máquinas mais adequadas, além de materiais de maior qualidade, porém o retorno também é maior.

Maquiagem

Essa alternativa é mais voltada às mulheres. Se você tem habilidade para se maquiar, você está perdendo uma grande oportunidade.

Há sempre quem precise de uma maquiagem mais elaborada e não queira pagar muito por um profissional. Você pode atuar justamente aí. Seja atendendo em casa ou adaptando um espaço na sua casa, o ramo da maquiagem é relativamente simples de se iniciar.

O investimento inicial está nos produtos a serem utilizados na cliente. Esses materiais podem ser caros se você estiver sem dinheiro, porém é possível começar com maquiagens mais simples e progredir com o passar do tempo.

Eventos

Sim, é possível trabalhar como organizador de eventos. Isto porque alguns eventos não exigem muito conhecimento na área e também porque simplesmente há muitas pessoas dispostas a pagar somente para não terem o trabalho de organizar tudo.

Você pode organizar desde festas infantis até casamentos, desde que você tenha experiência ou então procure se capacitar para isso. Porém, como o objetivo aqui é empreender com simplicidade, você deve escolher eventos pequenos.

Por eventos pequenos, entenda pequenas festas de aniversário, comemorações do trabalho, churrascos, entre outros. Um exemplo prático são celebrações de famílias cujos membros moram distantes e não se encontram há muito tempo.

Animais de estimação

O mercado pet cresce cada vez mais e a demanda por novos serviços também. Um exemplo são os dog walker. Acredite, são, nada mais nada menos, que pessoas que levam cachorros de estimação para passear nos horários em que seus donos estão ocupados.

Neste caso, é necessário deslocamento, porém há casos em que é possível trabalhar na própria residência e, de fato, empreender em casa.

Se você gosta de animais ou gostaria de saber como é ter um, olha só: na startup Dog Hero, é possível se cadastrar para hospedar pets enquanto os donos estão em viagens longas (afinal, o objetivo é empreender em casa). Além disso, você mesmo pode divulgar seus serviços. Espalhe na vizinhança, distribua panfletos no elevador do seu prédio, conte para seus amigos.

Aulas particulares

Você tem alguma habilidade ou algum conhecimento que possa ensinar? Pode ser reforço escolar, música e instrumentos, idiomas ou qualquer outra área na qual você tenha experiência suficiente. Se sim, não perca mais tempo e comece a dar aulas.

Neste caso, você precisa de uma boa divulgação. Utilize as redes sociais e sua rede de contatos, Facebook e WhatsApp, por exemplo, são ótimas ferramentas para isso. Depois que conseguir seus primeiros alunos, fica mais fácil de eles mesmos indicarem para amigos.

Aliás, você pode ensinar a domicílio se desejar. Existem vantagens e desvantagens em ambos casos, então depende da sua situação atual. Há também a possibilidade de dar aulas pela internet.

Alimentação

Por último, uma das melhores, senão a melhor alternativa: vender comida! Se você gosta de cozinhar, esse é seu momento. Isto porque o mercado de alimentação é um dos mais consolidados no país, com uma demanda constante, então clientes não devem ser problema.

Além disso, há muitas opções dentro deste segmento. Você pode escolher entre salgados, doces, bolos, pães, marmitas, saladas de frutas, pizzas, sanduíches, entre outros. Entretanto, esteja ciente que uma pesquisa mínima de mercado é necessária para que a escolha seja a mais acertada.

Dentre as opções, algumas se destacam: alimentação saudável, doces e salgados. São nichos que tem alta demanda e oportunidades de inovação, então é mais fácil garantir seu espaço.

 

Por fim, se você gostou de alguma dessas dicas e realmente pensa em empreender, se dê uma chance! Vai, planeja, estuda e mete a cara! Se der errado, tenta de novo! E quando der certo, não esquece de me contar 😊